EBIT|NIELSEN: E-COMMERCE FATURA R$950 MILHÕES NO FIM DE SEMANA PÓS-BLACK FRIDAY

Faturamento total ultrapassou R$3,55 bilhões em quatro dias, 25% acima de 2017; vendas no final de semana cresceram 30,4% na comparação com mesmo período do ano passado

São Paulo, 26 de novembro de 2018 - No final de semana pós Black Friday, o e-commerce faturou R$950 milhões, apontam dados da Ebit|Nielsen, referência em informações sobre o comércio eletrônico brasileiro. Na comparação com o mesmo final de semana de 2017, as vendas cresceram 30,4%. O número de pedidos foi de 1,874 milhões, alta de 18,8% ante ao mesmo período do ano passado. O tíquete médio foi de R$507, crescimento de 9,8% na mesma base de comparação.

Com o resultado do final de semana pós-Black Friday, o faturamento no e-commerce ultrapassou R$3,55 bilhões nos últimos quatro dias, alta de 25% na comparação com o mesmo período de 2017. De acordo com Ana Szasz, líder comercial para Ebit|Nielsen, os varejistas tinham planejamento feito também para o final de semana . ?Os lojistas tinham produto, tecnologia e pessoas trabalhando para garantir as vendas. Além disso, eles foram criativos e guardaram alguns anúncios de oferta. Também percebemos que houve um acompanhamento detalhado do que estava sendo vendido, e ajustes estratégicos foram realizados para promocionar certos itens?, disse.

Do ponto de vista do consumidor, por sua vez, a melhora da conectividade e a influência dos grupos de redes sociais, como o whatsapp, também impactaram positivamente. ?Sabemos o quanto os brasileiros gostam e confiam no ?boca a boca?. Quem encontrava uma boa promoção, compartilhava com conhecidos, o que acabava gerando interesse de compra?, afirmou.

AINDA SOBRE A BLACK FRIDAY (Quinta e Sexta-feira)

E foi assim que a Black Friday 2018 trouxe 373 mil novos consumidores para o e-commerce, 17% mais do que o ano passado. O evento deste ano teve 2,1 milhões de compradores únicos (que fizeram pelo menos uma compra), alta de 9% em relação ao mesmo período do ano passado.

O mobile commerce (m-commerce) foi destaque novamente. Mais de 1,5 milhões de pedidos foram feitos via dispositivos móveis (celulares e tablets) - 38% a mais do que no ano passado. O faturamento cresceu 48% no período para R$830 milhões, já o gasto médio foi de R$552.

O comportamento de consumo foi diferente durante a Black Friday. Na quinta-feira, a movimentação de vendas foi bem positiva, com reporte de R$608 milhões, entretanto, a tarde e a noite de sexta-feira (23) foram as responsáveis por 52% do faturamento do e-commerce na data. Nos anos anteriores, a madrugada e a manhã da sexta-feira tiveram um peso maior de vendas quando comparado a 2018.

Destaques por periodos Black Friday


Confira abaixo o ranking dos produtos e categorias mais pedidos:

Destaques por periodos Black Friday
Destaques por periodos Black Friday
Destaques por periodos Black Friday

SOBRE A NIELSEN

A Nielsen Holdings plc (NYSE: NLSN) é uma empresa global de mensuração e análise de dados, que fornece a visão mais completa e confiável de consumidores e mercados do mundo. Nossa abordagem une dados da Nielsen com informações de outras fontes para ajudar nossos clientes ao redor do mundo a entender o que está acontecendo no presente e no futuro e como agir corretamente com esse conhecimento. Por mais de 90 anos, a Nielsen forneceu informações e análises fundamentadas na ciência e inovação, e desenvolveu continuamente novas maneiras de responder às questões mais relevantes sobre mídia, publicidade, varejo e produtos de consumo (FMCG). Como uma das 500 maiores empresas de S&P, a Nielsen opera em mais de 100 países, cobrindo 90% da população mundial. Para mais informações, visite www.nielsen.com/br


Informações à Imprensa:

Ketchum

Maria Domingues - 11 5090-8931 ₋ maria.domingues@ketchum.com.br

Elaine Nishiwaki - 11 5090-8831 ₋ elaine.nishiwaki@ketchum.com.br